Anti hacker, antivirus, downloads grátis, apostilas free, tutoriais de programas, Anti Invasão

 

  DICAS DO WINDOWS


Pessoas visitaram esta pagina

 

 

Como resolver inicialização interrompida no Windows 9x/Me

No meio do caminho, a inicialização morreu. A primeira providência é verificar se o cabo do disco rígido está devidamente encaixado. Quando o cabo está com mau contato, o disco lê tudo diferente e o boot enlouquece. Reinicie o micro e tecle F8. Se for mau contato, aparecerão uns caracteres estranhos no lugar do nome do disco. Não tem nada de errado aí? Aproveite o F8 para tentar entrar no Windows 9x pelo Modo de segurança - na versão ME, o sistema procura fazer isso sozinho. Se entrar, indica que o cabo está bem conectado, mas pode haver problemas com drivers ou um trecho danificado no disco rígido. Dê o boot com o disquete de inicialização, rode o ScanDisk e faça o teste de superfície completo. Provavelmente você encontrará um bad cluster bem na área do arquivo de inicialização ou de um executável do kernel do Windows. A saída prudente é colocar o disco em outra máquina, copiar os arquivos para outro disco e comprar um novo. Para quem gosta de viver perigosamente, basta reinstalar o Windows depois de rodar o ScanDisk. O sistema vai pular o trecho ruim marcado pelo programa e se instalar nas áreas sadias.


Como recuperar um disco rígido que não lê

A maldição da tela azul se abate sobre o seu PC, e o Windows diz que não consegue ler ou escrever no drive C. Uma das causas pode ser um trecho danificado (bad cluster) no disco rígido, que você só fica sabendo que existe quando pede o arquivo alocado naquela área. O dano geralmente acontece quando o micro é mudado de lugar com o disco funcionando ou quando o próprio disco sofre um impacto - pancadas enraivecidas de punho sobre a mesa, por exemplo. Nestes casos, ou a cabeça de leitura e gravação riscou a área ou bateu na superfície do disco, liberando partículas que vão riscá-lo. Em outras palavras, seu arquivo está perdido. Quanto ao disco, verifique as proporções da área danificada. Clique em Iniciar, Programas, Acessórios e, em Ferramentas de sistema, escolha ScanDisk. Selecione o disco rígido, habilite o teste Completo e clique no botão Iniciar para rodar o programa. Caso os danos estejam em torno de alguns Kbytes, dá para conviver com eles. Se passarem de 1 MB, melhor comprar outro disco enquanto é tempo.


Roteiro para formatar o disco com Windows 98/Me

Você já removeu todos os aplicativos inúteis ou suspeitos de provocar falhas no sistema, limpou o Registro, desfragmentou o disco e até tentou um upgrade no Windows. Mesmo assim, seu micro continua travando ou apresenta falhas na interface com o usuário. É comum isso acontecer em PCs que já passaram por muitas instalações e atualizações de softwares. Pode ser a hora de apelar para uma solução radical: formatar o disco e reinstalar tudo. É um processo trabalhoso porque a formatação destrói todo o conteúdo do disco.

É preciso reinstalar os programas e recuperar os dados a partir de um backup. Mas o resultado costuma ser bom, a menos que haja problemas com o hardware. Um bom momento para formatar o disco é quando é feito um upgrade de versão no sistema operacional. Em primeiro lugar, certifique-se de que você tem um disquete de partida. Se não tiver, é preciso gerar um. Criado o disquete de partida, é hora de fazer um backup de todos os documentos e outros arquivos que você deseja preservar. Você pode comprimir os arquivos com um compactador como o WinZip (www.winzip.com <http://www.winzip.com>) e gravá-los num CD-RW, disco Zip ou outro meio de armazenamento. Quando terminar, certifique-se de que os arquivos armazenados no backup estão em ordem. Para iniciar a formatação, dê partida no micro com o disquete.

No prompt do DOS, digite format c:. O Windows vai perguntar se você quer mesmo formatar o disco. Tecle S e Enter para confirmar, mas cuidado: depois deste passo, não dá mais para voltar atrás. Terminada a formatação, reinstale o Windows e recupere os documentos a partir do backup. Depois, vá instalando os aplicativos um a um. Entre uma instalação e outra, sempre reinicie o micro e verifique se está tudo certo. No final, você terá um micro novo, pelo menos no que se refere ao software.



Deu um pau completo no Windows 98/Me? Salve-se!

Você liga o micro e ele não funciona. O Windows começa a ser carregado, mas o processo é interrompido e nada mais acontece. Para enfrentar uma emergência assim, você vai precisar do disquete de inicialização criado durante a instalação do sistema. A primeira coisa a fazer é desligar o micro, colocar o disquete de inicialização no drive A e ligá-lo novamente. Se a máquina ainda assim não funcionar, é quase certo que há algum defeito no hardware. Se funcionar, a provável causa do problema é algum arquivo de sistema corrompido. No prompt do DOS, digite scandisk e tecle Enter. O ScanDisk vai identificar e corrigir eventuais falhas no disco rígido. Eles podem ser a origem da corrupção de arquivos. Quando o ScanDisk perguntar se você quer fazer um exame de superfície, responda sim. Terminada essa etapa, use o ScanReg para inspecionar e reparar o Registro. Digite c:\windows\command\scanreg/fix no prompt do DOS e tecle Enter. No final, desligue o micro, remova o disquete do drive e tente dar a partida novamente. Se não der certo, inicialize o micro com o disquete outra vez e reinstale o Windows.



Mexendo na memória virtual para agilizar o micro no Windows 98/Me                  

Seu micro está lento e não pára de acessar o disco rígido. Quando há vários programas abertos e você resolve iniciar mais um, tem de esperar longos e irritantes segundos pelo carregamento. Há várias coisas que podem ser feitas para melhorar essa situação: desfragmentar o disco, fazer um upgrade no hardware ou instalar um limpador de memória, por exemplo. Um ajuste que pode trazer um pequeno ganho de desempenho é otimizar a memória virtual. Para começar, se você tem dois discos rígidos, coloque a memória virtual no disco mais veloz (normalmente o mais novo) e, de preferência, não naquele onde está instalado o sistema operacional. Clique com o botão direito no ícone Meu Computador e escolha Propriedades. Selecione a aba Desempenho e clique no botão Memória Virtual. Clique em Especificar minhas próprias configurações de memória virtual. Escolha, então, o disco em que deseja localizar a memória virtual e clique OK. Você vai ter de reiniciar o computador para que a nova configuração tenha efeito. Um passo adicional é especificar um tamanho mínimo para a memória virtual. Na configuração-padrão, o Windows altera o tamanho do arquivo de troca conforme a necessidade. Isso poupa espaço no disco, mas pode provocar fragmentação no arquivo, o que aumenta o tempo de leitura. Se você tem espaço de sobra no disco, pode especificar um tamanho mínimo e, assim, evitar redimensionamentos constantes. Siga os passos descritos acima e, ao configurar a memória virtual, escreva o número mínimo de megabytes desejados. Para a maioria dos usuários, 256 MB é um bom número. Não é recomendável estabelecer um tamanho máximo. Se você fizer isso, o micro pode travar quando você estiver trabalhando com arquivos excepcionalmente grandes.



Resolvendo problemas de drivers de placas de vídeo no Windows 98/Me

Você troca a velha placa de vídeo do seu micro por uma novinha. Quando vai rodar seu jogo predileto, ele insiste em procurar a placa velha e não funciona corretamente. A causa pode ser um driver de vídeo duplicado. Quando se acrescenta um componente plug and play ao PC, o Windows tenta instalar os programas controladores para ele. Mas o driver antigo nem sempre é removido completamente. Se houver dois drivers, o aplicativo pode se enganar na configuração. Esse problema pode acontecer também quando há troca de outros componentes, como o modem, a placa de som ou o mouse. A primeira coisa a fazer é verificar se há mesmo drivers duplicados. Para isso, reinicie o micro e, quando ele começar a carregar o sistema (geralmente a máquina emite um bip nesse instante), tecle F8 para exibir o menu de inicialização. Escolha a opção de inicializar no Modo de Segurança com suporte para CD-ROM. Quando a inicialização terminar, clique no ícone Meu Computador com o botão direito e escolha Propriedades. Selecione, então, a aba Gerenciador de Dispositivos. Verifique quais os controladores instalados para o dispositivo suspeito. Se, por exemplo, houver dois drivers no item Adaptadores de Vídeo, aí está o problema. Clique no controlador antigo e, em seguida, no botão Remover. No final, clique em OK e reinicie o micro. Se você não souber qual controlador eliminar, remova todos. O Windows vai reinstalar o programa correto quando for reiniciado. Em alguns casos, vai ser necessário ter à mão o CD-ROM com drivers fornecidos com a placa.



Como limpar a memória do PC mp Windows 98/Me

Quando seu PC é ligado, ele funciona bem, mas, depois de algumas horas de trabalho, você percebe que a máquina está lenta. Se muitos aplicativos são abertos ao mesmo tempo, o desempenho cai. Esses sintomas sugerem falta de memória. Quando não há memória física suficiente, o Windows apela para a memória virtual, ou seja, transfere os dados excedentes para um arquivo em disco. Como o acesso ao disco é muito mais lento que à memória real, o desempenho se deteriora. Se o micro tiver menos de 64 MB, a única solução é instalar mais memória nele. Já em micros com 64 MB ou mais é possível atenuar o problema com um limpador de memória como o MemTurbo. Esse programa desfragmenta a memória, agilizando o acesso aos dados gravados nela. Depois, faz uma coleta de lixo para recuperar espaço que eventuais softwares malcomportados tenham deixado vazios. Em seguida, descarrega DLLs que não estão em uso. O programa ainda tenta liberar memória ocupada pelo sistema operacional ou por aplicativos. O resultado é que o micro passa a funcionar como se você tivesse acabado de ligá-lo. Uma cópia de demonstração válida por 30 dias pode ser obtida no site www.memturbo.com.
O registro do software custa 19,95 dólares.



Macete para fazer a limpeza do Registro do Windows 95/98/98 SE ou NT 4 WorkStation

O micro fica instável quando se usam recursos de compartilhamento de dados entre aplicativos, ou quando um programa é ativado automaticamente por um outro. Falhas assim, no compartilhamento de objetos, podem, às vezes, ser provocadas pela existência de dados incorretos no Registro do Windows. Se você usa Windows 95, 98, 98 SE ou NT 4 Workstation, reinicie o sistema e, antes de abrir qualquer programa, faça uma limpeza no Registro com o RegClean. Esse programa pode ser obtido no site da Microsoft. Quando ativado, o RegClean examina o Registro e elimina entradas inválidas. Ele também cria um arquivo que permite desfazer a operação se isso for necessário. A Microsoft não recomenda o uso do RegClean no Windows Me nem no Windows 2000 Professional. Neles, a limpeza do Registro é feita automaticamente cada vez que o micro é ligado. Logo, basta reiniciar o sistema.


                                                             



Como resolver problemas com DLLs com o Windows 98/Me

Seu micro trava, exibe aquela conhecida tela azul com mensagem de erro e precisa ser reiniciado com freqüência? Esse problema pode ter várias causas. Uma das mais comuns é o conflito entre DLLs, componentes que podem ser usados por múltiplos softwares. Muitos aplicativos instalam suas própria DLLs, mesmo quando elas já estão disponíveis no sistema. Em alguns casos, a versão instalada pode ser mais antiga que aquela existente ou pode estar num idioma diferente, o que abre a possibilidade de conflitos. Para evitar isso, vamos localizar as DLLs duplicadas e desativar as mais antigas. Feche os aplicativos abertos e tecle F3, ou clique em Iniciar/Localizar/Arquivos e pastas. No campo Nome, indique que arquivo deseja procurar. Deixe em branco o campo Contendo o Texto e, no campo Examinar, escreva Meu computador. Certifique-se de que a opção Incluir subpastas está assinalada. Você poderia localizar todas as DLLs digitando *.dll no campo Nome. Mas, se fizer isso, vai obter uma lista com milhares de nomes. É melhor procurar apenas as DLLs conhecidas por provocar problemas. Elas têm seus nomes iniciados em bw, co, ctr, mfc, msv e ole.

No campo Nome, digite, por exemplo, ole*.dll para buscar as DLLs com nomes iniciando em ole. Clique em cada arquivo duplicado com o botão direito e escolha Propriedades. Selecione a aba Versão e anote a versão da DLL.

O arquivo de número de versão mais alto deve estar na pasta Windows\System. Mude o nome do mais antigo para algo como arquivo.dll.velho e coloque o mais novo nessa pasta, se ele já não estiver lá. Reinicie o micro. Quando um aplicativo procurar por essa DLL na pasta onde estava, não vai encontrá-la. Ele vai, então, usar o arquivo que está na pasta Windows\System. Como a DLL velha não foi apagada, é possível reverter o processo se algo der errado. Se estiver tudo certo, repita o procedimento para as outras DLLs duplicadas.

Um utilitário que facilita bastante esse trabalho é o DLL Checker, disponível no site www.vb2java.com. No teste do INFOLAB, esse programa funcionou muito bem no Windows 98, mas não foi possível instalá-lo no Windows Me.



Para garantir que o Desfragmentador vá até o fim no Windows 98/Me

Em algumas instalações do Windows Me e do 98 ou 98 SE, o Desfragmentador de Disco nunca chega ao final da operação. Segundo a Microsoft, isso se deve à atividade de programas como antivírus ou protetores de tela. Para garantir que o Desfragmentador vai realizar sua tarefa, faça uma "inicialização limpa" no micro. Esse tipo de inicialização dá partida no sistema sem carregar programas ou drivers que podem ser a causa do problema.

Uma forma de preparar a inicialização limpa é recorrer ao Utilitário de Configuração do Sistema, o MS-Config. Clique em Iniciar/Executar. Na caixa Abrir, digite msconfig. Na orelha Geral do utilitário, escolha Inicialização Seletiva e desmarque os cinco itens logo abaixo. Dê OK, reinicie a máquina e execute o Desfragmentador. Terminada a reorganização do disco, volte ao MS-Config e, na orelha Geral, escolha a opção Inicialização Normal, que carrega todos os programas e drivers. Mais uma vez, será preciso reiniciar o micro.

Uma solução mais simples é usar o modo de segurança do Windows. Para isso, dê o comando Desligar/Reiniciar e, durante a entrada do Windows, pressione a tecla F8 e escolha a opção Modo de Segurança. Nesse modo, o sistema opera em sua configuração mais simples, também deixando de lado programas e drivers. Execute aí o Desfragmentador. Depois, reinicie a máquina no modo normal.




Para acelerar o HD no Windows Me

Para obter melhor desempenho do disco rígido, minta para o Windows Me. Diga a ele que seu micro é um servidor de rede. Assim, o sistema vai criar uma área de memória cache que ajuda a acelerar operações envolvendo leitura intensiva em disco. Para isso, clique com o botão direito em Meu Computador e escolha Propriedades. Na orelha Desempenho, acione o botão Sistema de Arquivos. Na caixa Função deste Computador, escolha Servidor de Rede. Não espere milagres: o ganhos são bem discretos e só se manifestam nas tarefas que dependem do disco. Detalhe: esse ajuste também pode ser feito no Windows 98.



Para apagar os rastros dos usuários no desktop

Uma solução é usar um programa como o shareware Window Washer, da Webroot (www.webroot.com). O Window Wa- sher - ou seja, "limpador de janelas" - elimina todos os rastros registrados pppelo Windows ou por aplicativos.

No Windows 95/98, pode-se apagar a lista dos documentos recém-usados, o histórico da função Localizar e ainda a lista de comandos armazenada na caixa Executar (botão Iniciar/Executar). Existem também as opções de apagar os arquivos temporários, os arquivos CHK, gerados pelo ScanDisk, e o conteúdo da Lixeira. Cada uma dessas alternativas pode ser ligada ou desligada em separado, conforme a escolha do usuário. O mesmo princípio vale para os rastros deixados por aplicativos. O Window Washer elimina as listas dos últimos arquivos nos programas do MS-Office, além de cookies, cache e histórico do Netscape Communicator e do Internet Explorer. É possível executar a limpeza a qualquer momento, com o botão Wash Now, ou em períodos definidos, que variam de 15 minutos a um mês.

Para os usuários mais paranóicos, existe a opção Add Bleach to Wash Items, que significa não apenas apagar as informações, mas também impedir que sejam reativadas por tentativas mais sofisticadas de recuperação. O programa ainda admite opções cria- das pelo próprio usuário. A versão demo do Window Washer (1,1 MB) funciona por trinta dias e o registro do produto custa 29,95 dólares.




Para manter a memória do PC livre

O MemTurbo, da Silicon Prairie Software, é apresentado como um utilitário que desfragmenta a memória física, recupera vazamentos e varre da RAM bibliotecas que estejam fora de uso como as DLLs. Os chamados vazamentos correspondem a porções de memória alocadas para alguma atividade e depois esquecidas pelo sistema operacional ou por aplicativos "malcomportados". Assim, a área fica inativa, mas ocupada. O MemTurbo opera silenciosamente em segundo plano, mas pode ser convocado a qualquer momento pelo usuário com a combinação de teclas Ctrl+Alt+M (ou outra, definida pelo usuário). Você também pode confi- gurá-lo para fazer uma limpeza toda vez que a ocupação de memória atinja um determinado nível. Outra opção é definir um período em que a limpeza deve ocorrer automaticamente - por exemplo, de 40 em 40 minutos. Segundo a Silicon Prairie, quando não se escolhe uma limpeza automática, os melhores momentos para a limpeza manual são depois da inicialização do Windows e antes da abertura de um programa.

O MemTurbo instala um ícone na bandeja do sistema (barra de tarefas, junto ao relógio). Quando o cursor do mouse é colocado sobre esse ícone, uma mensagem informa o total de memória livre disponível no sistema. Distribuído pelo sistema de shareware (download: www.memturbo.com), o programa tem cópia de avaliação que roda gratuitamente por trinta dias. O preço do registro é 19,95 dólares. Uma vantagem do MemTurbo está na facilidade de uso. Não é preciso ter nenhum conhecimento técnico para instalá-lo e colocá-lo em operação. O produto ajuda no gerenciamento de memória, o que pode determinar algum ganho de desempenho. No entanto, não se deve esperar milagres, especialmente nos casos de micros com memória física abaixo do recomendável.




Anti Invasão 2004 Todos os Direitos Reservados