4. Firewalls

Os firewalls são dispositivos constituídos pela combinação de software e hardware, utilizados para dividir e controlar o acesso entre redes de computadores.

Um tipo específico é o firewall pessoal, que é um software ou programa utilizado para proteger um computador contra acessos não autorizados vindos da Internet.

4.1. Como o firewall pessoal funciona?

Se alguém ou algum programa suspeito tentar se conectar ao seu computador, um firewall bem configurado entra em ação para bloquear tentativas de invasão, podendo barrar também o acesso a backdoors, mesmo se já estiverem instalados em seu computador.

Alguns programas de firewall permitem analisar continuamente o conteúdo das conexões, filtrando vírus de e-mail, cavalos de tróia e outros tipos de malware, antes mesmo que os antivírus entrem em ação.

Também existem pacotes de firewall que funcionam em conjunto com os antivírus, provendo um maior nível de segurança para os computadores onde são utilizados.

4.2. Por que devo instalar um firewall pessoal em meu computador?

É comum observar relatos de usuários que acreditam ter computadores seguros por utilizarem apenas programas antivírus. O fato é que a segurança de um computador não pode basear-se apenas em um mecanismo de defesa.

Um antivírus não é capaz de impedir o acesso a um backdoor instalado em um computador. Já um firewall bem configurado pode bloquear o acesso a ele.

Além disso, um firewall poderá bloquear as tentativas de invasão ao seu computador e possibilitar a identificação das origens destas tentativas.

Alguns fabricantes de firewalls oferecem versões gratuitas de seus produtos para uso pessoal. Mas antes de obter um firewall, verifique sua procedência e certifique-se que o fabricante é confiável.

4.3. Como posso saber se estão tentando invadir meu computador?

Normalmente os firewalls criam arquivos em seu computador, denominados arquivos de registro de eventos (logs). Nestes arquivos são armazenadas as tentativas de acesso não autorizado ao seu computador, para serviços que podem ou não estar habilitados.

3. Antivírus

Os antivírus são programas que procuram detectar e, então, anular ou remover os vírus de computador. Atualmente, novas funcionalidades têm sido adicionadas aos programas antivírus, de modo que alguns procuram detectar e remover cavalos de tróia e outros tipos de código malicioso3, barrar programas hostis e verificar e-mails.

3.1. Que funcionalidades um bom antivírus deve possuir?

Um bom antivírus deve:

Alguns antivírus, além das funcionalidades acima, permitem verificar e-mails enviados, podendo detectar e barrar a propagação por e-mail de vírus, worms, e outros tipos de malware.

3.2. Como faço bom uso do meu antivírus?

As dicas para o bom uso do antivírus são simples:

Algumas versões de antivírus são gratuitas para uso pessoal e podem ser obtidas pela Internet. Mas antes de obter um antivírus pela Internet, verifique sua procedência e certifique-se que o fabricante é confiável.

3.3. O que um antivírus não pode fazer?

Um antivírus não é capaz de impedir que um atacante tente explorar alguma vulnerabilidade  existente em um computador. Também não é capaz de evitar o acesso não autorizado a um backdoor4 instalado em um computador.